INCENTIVO À INOVAÇÃO E AO EMPREENDEDORISMO

Instituto NET Claro Embratel comemora 15 anos de atuação
Formatura de 128 técnicos em Telecomunicações marca evento comemorativo da organização no Theatro NET Rio

Rio de Janeiro – dezembro de 2016 – O Instituto NET Claro Embratel, iniciativa da área de responsabilidade social do Grupo América Móvil, celebra 15 anos de atuação e a formação de128 estudantes em técnicos em Telecomunicações. Os jovens do Ensino Médio do Colégio Estadual Hebe Camargo fazem parte do "Dupla Escola", uma parceria do Instituto com a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro e a Fundação Xuxa Meneghel.

Nesta segunda-feira, o Instituto NET Claro Embratel recebeu os formandos em um evento de comemoração no Theatro NET Rio, em Copacabana. O documentário musical "'60! Década de Arromba", com a cantora Wanderléa, encerrou a noite, que teve a presença de executivos do Grupo América Móvil, o corpo docente da instituição de ensino e parceiros.

"Estamos muito felizes com a formatura desta primeira turma! O Instituto NET Claro Embratel não contribuiu somente na formação profissional e na inclusão destes jovens na sociedade, mas renovou as suas esperanças em um futuro melhor. Hoje, eles podem traçar novos objetivos e sonhos", comenta Daniely Gomiero, vice-presidente de projetos do Instituto NET Claro Embratel e responsável pela área de responsabilidade social corporativa das três marcas.

PROGRAMA DUPLA ESCOLA: FORMANDO NOVOS TALENTOS
Em 2013, o Instituto NET Claro Embratel assinou convênio com a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro e a Fundação Xuxa Meneghel para a colaboração no projeto "Dupla Escola", tornando-se o responsável pela capacitação técnica em telecomunicações de estudantes do Ensino Médio. 
Um ano após o compromisso firmado, foi inaugurado o Colégio Estadual Hebe Camargo. O Instituto NET Claro Embratel providenciou quatro laboratórios técnico-eletrônicos, telefonia/fibra óptica, WLAN e TV/Satélite no local e um acervo de conteúdo específico das disciplinas de telecomunicações para a biblioteca escolar.
A instituição também foi responsável pela contratação de consultoria pedagógica para o desenvolvimento do plano de curso e do corpo docente para as disciplinas técnicas.
"Após três anos acompanhando o desenvolvimento dos alunos, nós, do Instituto NET Claro Embratel, temos a honra de anunciar que 40% dos alunos que se formaram e demonstraram interesse em começar a vida profissional no mundo corporativo, terão a oportunidade de serem contratados pelas empresas do grupo América Móvil, já em janeiro de 2017. E outra grande notícia é o nosso esforço e compromisso em buscar contratar ainda no primeiro semestre de 2017 os outros 60% que também gostariam de trabalhar no grupo", enfatiza Daniely Gomiero.
Os estudantes interessados no processo seletivo para o curso técnico em Telecomunicações do Colégio Estadual Hebe Camargo devem fazer a inscrição no site http://www.matriculafacil.rj.gov.br até o dia 22 de dezembro.

TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO ALIADAS NA INCLUSÃO
A história do Instituto começa com o compromisso de superar as barreiras geográficas e sociais por meio da educação, inclusão e da tecnologia.
O Instituto NET Claro Embratel oferece formação, conteúdo e conexão por meio de diversas iniciativas. Com o projeto Educonex@o, localidades com baixo índice de desenvolvimento social (com população excluída dos municípios brasileiros e situadas próximas aos Telefones de Utilidade Pública (TUP) instalados pela Embratel) começaram a ter acesso à internet banda larga via satélite nas escolas da rede pública de ensino. A operadora ainda contribuiu com a criação de um acervo de conteúdo socioeducacional.
"A iniciativa começou em pequenos povoados distantes dos centros urbanos, como comunidades extrativistas, quilombolas, ribeirinhas, assentamentos rurais e de agricultura familiar. Na Ilha da Marchantaria, no Amazonas, quatro escolas são atendidas por meio de cabo de fibra óptica, resultado de uma ação de inovação tecnológica conjunta com a regional Norte, Nordeste, Centro-Oeste da Embratel", conta Daniely Gomiero.
Hoje, o programa está presente em Estados como Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Tocantins, beneficiando 126 escolas públicas, mais de 3.400 professores e quase 50.000 alunos do ensino fundamental e médio.
Em um País que sofre com as mazelas da desigualdade de condições e oportunidades, o Instituto NET Claro Embratel promove a capacitação não apenas de estudantes, mas também de professores da rede de ensino público.

O Instituto realiza, anualmente, cursos para aprimorar a formação de professores no uso das tecnologias digitais, favorecendo o processo de ensino e aprendizagem, e deixa um legado para a escola com a doação de pontos de internet banda larga e TV por assinatura.

"O Educonex@o proporciona aos professores a oportunidade de agregar novos conteúdos aos repertórios educacionais. Um grande País não se constrói sem educação de qualidade e o programa exemplifica o comprometimento que temos com esses profissionais", destaca Daniely Gomiero.

Entre 2011 e 2016, 30 cidades receberam o Educonex@o, em 10 Estados, garantindo acesso à internet em 1.566 escolas, impactando mais de 35.500 alunos e responsável pela formação de mais de 1.400 professores.

INCENTIVO À INOVAÇÃO E AO EMPREENDEDORISMO

Criado em 2011 em parceria com a Associação do Laboratório se Sistemas Integráveis Tecnológicos e da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, o Campus Mobile tem o objetivo de estimular a formação de jovens talentos universitários para atuação no desenvolvimento de soluções e serviços em três categorias: Educação, Facilidades e Jogos.

Durante o Campus Mobile, os participantes têm a oportunidade de estar em contato com renomados profissionais que os orientam no desenvolvimento de ideias de aplicativos e serviços. Os estudantes que apresentaram os projetos mais bem avaliados são premiados com uma viagem de imersão no Vale do Silício, na Califórnia, para aprofundar seus conhecimentos. Em 2016, 597 projetos foram inscritos para a 5ª Edição do Campus Mobile.

PLATAFORMA INSTITUCIONAL
Há um ano, NET Claro e Embratel integraram seus projetos e ações sociais, que são sustentadas por três pilares fundamentais: Educação, Cultura e Cidadania. O Grupo América Móvil acredita que a tecnologia deve contribuir para o desenvolvimento social, em uma sociedade com maior acesso ao conhecimento e mais conectada.

Conheça mais sobre os projetos sociais da NET, Claro e Embratel aqui: https://www.institutoclaro.org.br/

Sobre a América Móvil
A América Móvil é uma das maiores empresas de telecomunicações do mundo. Está presente em 25 países e conecta mais de 892 milhões de pessoas. No Brasil, é líder em convergência com as marcas NET, Claro e Embratel, somando mais de 95 milhões de serviços fixos e móveis, que compõem soluções para os mercados residencial, pessoal e empresarial.
Na área de Responsabilidade Social, a empresa investe em ações relacionadas à Educação e à Cidadania, por meio do Instituto NET Claro Embratel para atuar em frentes sociais que integram a tecnologia e a informação como fonte de desenvolvimento e conhecimento. Desta forma, realiza e apoia projetos como o Campus Mobile, o Educonex@o, Programa Dupla Escola, NET Educação, Naves do Conhecimento, entre outros.
O Instituto NET Claro Embratel é qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Ministério da Justiça, e é reconhecido pelo Departamento de Informação Pública das Nações Unidas (DPI/ONU) como uma organização não governamental corporativa que promove os ideais e princípios sustentados pela Carta das Nações Unidas. Conheça outras realizações no Relatório Social de 2015 do Instituto: https://www.institutoclaro.org.br/instituto-embratel-claro/.



Cláudia Castro
In Press Porter Novelli

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ômicron: conheça 5 sintomas associados a nova variante do coronavírus que deixou o mundo em alerta novamente

Escondidinho de estrogonofe

Benefícios da bicicleta ergométrica e dicas para o seu treino